• radioastronomia

O colapso do Radiotelescópio Arecibo


A National Science Foundation (NSF) divulgou vídeo e imagens do Radiotelescópio Arecibo após o colapso da estrutura, ocorrido em 01/12/2020. Os engenheiros responsáveis pelo plano de desativação do observatório já haviam alertado para o risco de desmoronamento, depois que dois cabos que sustentavam a plataforma onde ficavam equipamentos de rádio terem se partido. O primeiro cabo se partiu em agosto/2020, depois, o segundo cabo, pertencente ao mesmo mastro, se partiu em novembro. Ambos danificaram o refletor de 305 m de diâmetro. Assim, os cabos restantes conectados ao mesmo mastro (de um total de três) ficaram sobrecarregados.

Os vídeos do colapso são de uma câmera do Operations Control Center e outro vídeo foi de um drone que estava próximo a um dos mastros quando os cabos se partiram.



De acordo com comunicado à imprensa na página da NSF, “A segurança do pessoal é nossa prioridade número um. Já temos engenheiros no local para ajudar a avaliar os danos e determinar a estabilidade e segurança da estrutura restante. Continuaremos a trabalhar com a NSF e outras partes interessadas para encontrar maneiras de apoiar a missão científica em Arecibo ”. O comunicado também informa intenção de "consertar o telescópio de 12 metros usado para pesquisas de radioastronomia e o telhado da instalação LIDAR, uma valiosa ferramenta de pesquisa geoespacial". Quanto ao histórico radiotelescópio de Arecibo, ainda não há definição se será reconstruído.



Para saber mais: Arecibo Observatory’s 305-meter telescope suffers collapse.


Crédito do vídeo: National Science Foundation (NSF)/MDx Media;

Crédito da imagem: UCF.


#Arecibo

3 visualizações0 comentário

Salvador - Bahia - Brazil

  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
  • LinkedIn Clean Grey

© 2016 por Marcelo. Orgulhosamente criado com Wix.com