• radioastronomia

Observando emissões atmosféricas com receptor VLF-3 do Inspire Project



Às vezes percebemos os clarões no céu quando há tempestades, locais ou distantes. Além da luz visível, também na faixa de rádio, especialmente em VLF, tais fenômenos podem ser estudados. O mapa exibido no vídeo é da página do ELAT/INPE, especializado em emissões de eletricidade atmosférica. Foi utilizada antena loop magnética, pois permite isolar um pouco mais as interferências e maior segurança na observação, realizada em local protegido.


Com o receptor VLF-3 do Inspire Project, os sinais de rádio são captados. São salvos e mantidos em um gravador digital para posteriormente ser analisados com o Spectrum Lab (analisador de espectro). O vídeo destaca a captação de emissões do tipo Sferics, em que não há muita dispersão de frequências, e no áudio são percebidos como os estalidos curtos. Há a possibilidade de registro de alguns Tweeks, nos quais ocorre alguma dispersão nas frequências e o sinal no áudio é mais distorcido, não mais como um estalido, mas é como se fosse uma curta batida num sino. As interferências indesejáveis (RFI) são oriundas da rede elétrica e os harmônicos de 60 Hz, bem como de emissoras de rádio e TV.


Para saber mais:

Inspire Project

INPE/ELAT


#VLF #InspireProject #INPE

19 visualizações0 comentário