• Marcelo

Radiotelescópio VLA detecta planeta extrassolar


Crédito da imagem: Caltech/Chuck Carter; NRAO/AUI/NSF

Astrônomos detectaram um objeto além do Sistema Solar, com massa cerca de 12 vezes a do planeta Júpiter, mas que não orbita estrela alguma. Com esse tamanho, o objeto está numa zona cinzenta, entre ser classificado como um corpo planetário gigante e um objeto semi-estelar, uma anã marrom.

Esta foi a primeira detecção via rádio de um objeto desse tipo, que foi denominado SIMP J01365663+0933473, já era conhecido dos astrônomos, e desde 2016 era estudado com o radiotelescópio Very Large Array - VLA na busca de campos magnéticos e produção de sinais de rádio por corpos do tipo.

"As observações do VLA forneceram tanto a primeira detecção de rádio quanto a primeira medição do campo magnético de um possível objeto de massa planetária além do nosso Sistema Solar.

Além disso, estudar um campo magnético tão intenso 'representa enormes desafios para a nossa compreensão do mecanismo de dínamo que produz os campos magnéticos em anãs marrons e exoplanetas e ajuda a conduzir as auroras que vemos', disse Gregg Hallinan, da Caltech" (NRAO).

Distante cerca de 20 anos-luz da Terra, o objeto errante extrassolar possui campo magnético 200 vezes mais forte que o de Júpiter.

#VLA #Exoplanetas

8 visualizações

Salvador - Bahia - Brazil

  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
  • LinkedIn Clean Grey

© 2016 por Marcelo. Orgulhosamente criado com Wix.com