• Marcelo

A New Horizons em diração a Ultima Thule


Em onze dias, a sonda espacial New Horizons (NH) fará a maior aproximação de um objeto do Cinturão de Kuiper, Ultima Thule. Nos poucos dias que antecedem o encontro, os cientistas da NASA monitoram Ultima em busca de evidências de pequenas luas, anéis ou emissões de gás e poeira ao seu redor, que possam representar risco de colisão com a NH. Além disso, quaisquer dessas descobertas seriam um grande achado científico, para entendermos mais sobre a formação do Sistema Solar. Com os trabalhos de busca de luas e anéis concluído em 15 de dezembro, os pesquisadores definiram a distância de máxima aproximação de 3.500 km, como separação ótima para coletar os melhores dados científicos. Assim, no dia 19/12/2018, enviaram comando para acionamento dos motores da NH para pequena correção de curso. A partir do dia 26 de dezembro, a NH entrará no Modo Encontro, no qual não poderá mais acionar seus motores de correção de curso, e contará com o próprio software para gerenciamento autônomo, pois o tempo de comunicação com a Terra é de mais de 12 horas. Hoje, dia 20/12/2018, foram transmitidos, via rádio, os comandos atualizados da sequência de tarefas que a NH executará para fotografar e efetuar coleta de dados científicos de Ultima Thule (2014 MU69). Na animação gif, Ultima Thule aparece cada vez mais brilhante, se comparada às estrelas ao fundo, à medida que a New Horizons se aproxima dela.

Crédito da animação: NASA/Johns Hopkins Applied Physics Laboratory/Southwest Research Laboratory/Henry Throop

Para saber mais:

Blog The PI’s Perspective

#NewHorizons #UltimaThule #2014MU69

4 visualizações

Salvador - Bahia - Brazil

  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
  • LinkedIn Clean Grey

© 2016 por Marcelo. Orgulhosamente criado com Wix.com