• Marcelo

20 Hz é arte com dados do radiotelescópio CARISMA


Os artistas britânicos Ruth Jarman e Joe Gerhardt. formam uma dupla conhecida como Semiconductor. Seu trabalho explora o limite entre Ciência e Arte, com a produção de recursos audiovisuais que nos fazem pensar na materialidade e imaterialidade do mundo que nos cerca. No trabalho 20 Hz, eles utilizaram dados captados pelos cientistas do radiotelescópio canadense CARISMA (Canadian Array for Realtime Investigations of Magnetic Activity). São sinais resultantes da interação das emissões do plasma solar com a magnetosfera da Terra. Tais fenômenos nem sempre são percebidos pelas pessoas comuns, mas cercam nosso planeta. O trabalho integrou uma instalação de arte, a Invisible Fields, no período 2011 a 2012, em Barcelona, e explorou "como a compreensão do nosso mundo e do nosso Cosmos foi transformada pelo estudo das ondas de rádio". Com esse trabalho, os artistas tornaram "a materialidade intangível do espectro eletromagnético visível e audível" (Arts Santa Mônica).

Outra produção instigante da dupla Semiconductor, "As the Worls Turns", filmada na estação de comunicações via satélite Goonhilly Earth Station, na Inglaterra, em tradução livre, é uma ficção científica de imagens em movimento, que explora o lugar do homem no tempo e no espaço, através da ciência da radioastronomia, de modo a dar ao espectador a percepção do homem firmemente cercado pelo mundo que o cerca enquanto observa o Espaço.

Recomendamos assistir ao vídeo com fones de alta qualidade.

Crédito do vídeo: Ruth Jarman e Joe Gerhardt, artistas do Semiconductor.

Para saber mais:

INVISIBLE FIELDS.

As the World Turns.

#Filmes #CARISMA #Eletromagnetismo #Radioastronomia

7 visualizações

Salvador - Bahia - Brazil

  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
  • LinkedIn Clean Grey

© 2016 por Marcelo. Orgulhosamente criado com Wix.com