• Marcelo

A NASA voltando para a Lua


De acordo com a página da NASA, e com o novo vídeo divulgado pela agência, os novos planos são para que a exploração lunar e de Marte ocorra com a presença permanente de astronautas num posto remoto, com base em sustentabilidade e reutilização de recursos.

Por que ir à Lua (e Marte)? Um dos motivos é expandir a presença humana no Cosmos. Também há justificativas para inspirar as novas gerações, para promover avanços na Ciência, para satisfazer a natural vocação de exploração do ser humano e pela busca de recursos criando nova economia.

Por que dessa vez seria diferente do que nos anos 1960/70? Pela abordagem sustentável, com novos parceiros, com expectativa de utilizar os recursos da Lua e amadurecer novas tecnologias que levarão o ser humano a Marte.

Como chegar lá? A arquitetura pode ser a do foguete SLS (Space Launch System), atualmente em estágio de construção pela NASA, com a cápsula Orion, para a tripulação. Também há previsão de ser construído o "Lunar Gateway", uma estação espacial remota, um posto avançado a mais de 400.000 km da Terra, para facilitar o acesso a outros destinos.

Quando essas ideias se transformarão em realidade: É possível que a partir de 2020, com o primeiro teste do foguete SLS, integrado à cápsula Orion.

Para saber mais: Explore Moon to Mars (NASA).

Crédito do vídeo: NASA.

Crédito das imagens: NASA.

#NASA #Lua

5 visualizações

Salvador - Bahia - Brazil

  • Facebook Clean Grey
  • Twitter Clean Grey
  • LinkedIn Clean Grey

© 2016 por Marcelo. Orgulhosamente criado com Wix.com